4 dicas para uma gestão de condomínios transparente

Além de atender as reclamações e os boatos que surgem diariamente entre moradores, o síndico ainda precisa organizar toda a rotina do seu condomínio. É ele quem vai definir quais serão as empresas que prestarão serviços, quais serão os porteiros contratados e, em alguns casos, quais serão os tipos de planta que serão utilizadas para decorar o jardim.

Por ser um representante dos interesses dos condôminos e, acima de tudo, por lidar diretamente com os recursos financeiros, é fundamental que o síndico mantenha como prática diária o valor da transparência. Dessa forma, com a confiança de todos, ele consegue tomar decisões e executar planos de ação com mais tranquilidade e menos objeções.

A seguir, você encontrará 4 dicas para a gestão de condomínios mais transparente. Confira!

Conte com o apoio da tecnologia

Para fazer uma gestão transparente, o próprio síndico precisa ter tudo organizado, certo? Além disso, ele deve estabelecer canais de comunicação que sejam efetivos entre os condôminos. Para a sorte dos síndicos, a tecnologia pode ser a solução para suprir todas essas necessidades.

Hoje, os softwares de gestão de condomínios ajudam o síndico a monitorar de perto cada uma das suas tarefas, suas finanças e oferecem canais diferenciados, como redes sociais, que podem ser usadas por cada um dos moradores. Esse é um dos segredos para garantir uma boa gestão de condomínios, mas não para por aí.

Estabeleça uma cultura forte

O síndico precisa estabelecer uma cultura pautada na prestação de contas entre os profissionais que atuam no condomínio, como os porteiros, jardineiros e zeladores. Qualquer compra realizada precisa ser rapidamente notificada e registrada no software utilizado.

Além disso, o próprio síndico precisa adotar como prática a prestação de contas entre os moradores, não importando qual meio utilizado para notificá-los sobre as despesas realizadas — e-mail, cartas ou, simplesmente, murais na entrada da portaria. O importante é manter a transparência como um valor importante no relacionamento diário!

Mantenha canais de comunicação abertos

Para que todos sintam confiança na gestão de condomínios, é importante que tenham acesso facilitado ao síndico. Acontece que o interfone não consegue mais suprir essa necessidade — principalmente em um mundo cada vez mais conectado e dinâmico.

Por isso, além de contar como solução, as redes sociais que já mencionamos, permitem que o síndico mantenha outros canais de comunicação abertos, como um e-mail específico para questões relacionadas aos problemas internos do prédio, por exemplo. Claro que isso não basta, é preciso manter uma postura pró-ativa e sempre responder às solicitações, sugestões e reclamações.

Realize reuniões oportunas

Por fim, é muito importante convocar reuniões ou assembleias sempre que existir a necessidade de implementar alguma novidade no prédio, como a realização de uma obra, a troca de um elevador ou até a aquisição de novos equipamentos.

Essa é uma oportunidade para o síndico explicar com clareza qual é o motivo da nova aquisição, prestando satisfação para todos os moradores. Assim, ele se aproxima de realizar uma gestão de condomínios mais transparente.

Gostou das nossas dicas de hoje? Então nos siga em nossas redes sociais — Facebook, Twitter, LinkedIn e Instagram — e fique por dentro de muito mais!

2 thoughts on “4 dicas para uma gestão de condomínios transparente”

  1. Muito Interessante, encontrei quase sem querer esse blog e
    o artigo aqui, gostei muito do que lí aqui… Obrigado!

  2. excelente materia,sem duvida agora sim tirou minha duvida
    segue https://editordevideo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *