8 dicas para escolher os melhores fornecedores para condomínio

8 dicas para escolher os melhores fornecedores para condomínio

A função de síndico toma muito tempo e exige uma disponibilidade que pode acabar atrapalhando um pouco os momentos de curtir a família.

De toda forma, é algo que precisa ser feito e, para evitar dores de cabeça na hora da reunião de condomínio, é bom estar organizado e preparado.

Pensando nisso, separamos algumas dicas bem práticas para ajudar com um dos maiores desafios que se pote ter: encontrar os melhores fornecedores para condomínio.

1. Analise bem o contrato

Veja se o serviço a ser contratado está bem discriminado e se há alguma parte que possa gerar algum tipo de dúvida. Confira também as garantias oferecidas, valores e casos em que estejam previstas multas e outras penalidades.

Preste atenção aos prazos indicados e peça que seja incluída qualquer coisa que você achar que possa faltar.

2. Exija nota fiscal

Recibos e orçamentos não têm valor jurídico caso você precise resolver problemas mais sérios. Por isso — e também para garantir que os impostos devidos estejam sendo recolhidos —, você tem que ter uma nota fiscal de cada contrato que assinar.

3. Confira os materiais usados

Preste atenção ao que é utilizado no seu condomínio. Veja se as marcas são de qualidade, se há alguma coisa vencida, danificada e se está tudo lacrado.

Desconfie de produtos que estejam com aspecto duvidoso. Se for o caso, peça que seja trocado.

4. Avalie o atendimento e a empresa

Desde o primeiro contato com o possível fornecedor, avalie bem como ele trata você. Veja se cumpre os prazos de retorno, se as informações são passadas com segurança e se você sente confiança no que ele fala.

Peça indicações de outros clientes atendidos como referência para que você possa fazer contato. Em caso de muitas dúvidas não solucionadas de forma clara, não prossiga na contratação.

5. Faça três orçamentos

Os preços de serviços e produtos para condomínios podem variar muito. Ter só uma ou duas opções é algo perigoso, pois um leque muito curto de escolhas pode forçar a escolher um prestador se serviço sem que se tenha muita firmeza sobre o assunto.

Faça pelo menos três cotações e compare todas elas. Assim garantirá que tem um mínimo razoável para comparar preços e prazos.

6. Avalie preço e qualidade

Não quer dizer que o menor orçamento seja sempre a melhor opção. Depois que você fez pelo menos três orçamentos, já tem alguma noção do que é praticado pelo mercado e encontra-se em melhores condições de avaliar.

Tenha em mente que nem sempre o mais barato é o que vale a pena e nem sempre o mais caro tem a melhor qualidade. Avaliando todos os outros quesitos e com os orçamentos em mãos, tome a sua decisão.

7. Não pague tudo de uma vez

Existe grande risco de o seu fornecedor diminuir o ritmo do trabalho e até mesmo abandonar o serviço depois de receber tudo o que foi acordado.

Para evitar esse tipo de problema, pague tudo ao final do serviço ou divida o pagamento, deixando pelo menos uma parcela para depois que o fornecedor tiver entregue o contratado.

8. Organize-se

Alguns fornecedores poderão ser contratados mais de uma vez e, se você tiver uma boa organização, terá facilidade em encontrá-los pelo seu histórico.

Se tiver alguma dificuldade em montar um, avalie contratar um bom sistema de administração de condomínios. Ele vai ajudar nesse caso e em vários outros, como, por exemplo, na diminuição da inadimplência.

Agora que você já tem as melhores dicas para encontrar fornecedores para condomínio, compartilhe conosco se ainda tem alguma outra dúvida ou divida uma experiência pela qual tenha passado. Queremos ouvir você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *